Quem sou eu

Minha foto
SOU UMA PESSOA EXTREMAMENTE CRÍTICA,DETESTO INJUSTIÇA E ADMIRO PESSOAS QUE CORREM EM BUSCA DO CONHECIMENTO.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

PROJETO MÚSICA -

JUSTIFICATIVA: A música faz parte do cotidiano de todos ,alguns bebes ainda na barriga de suas mães,já tem um contato com sons e até mesmo com a música.Pesquisadores na área de educação comprovam que há maior possibilidade do aluno aprender quando este está inserido num contexto musical em sala de aula.


OBJETIVO GERAL: Apresentar ritmos musicais diferentes ao aluno,não só ritmos brasileiros mas expandir essas apresentações a ritmos musicais de outros países,de outras culturas.



OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Levar ao conhecimento do aluno a história musical brasileira, a riqueza musical que existe no Brasil e no mundo,a infinidade de ritmos existentes,as variações rítmicas de acordo com as regiões,as percussões criadas através de matérias recicláveis ,os sons produzidos pelo corpo,os sons produzidos pela natureza,etc.



HISTÓRIA DA MÚSICA BRASILEIRA:(Resumo para auxilar o professor)
-A Música do Brasil formou-se, principalmente, a partir da fusão de elementos europeus e africanos, trazidos respectivamente por colonizadores portugueses e pelos escravos.
-A maior contribuição do elemento africano foi a diversidade rítmica e algumas danças e instrumentos, que tiveram um papel maior no desenvolvimento da música popular e folclórica.
-Podemos dizer que a MPB surgiu ainda no período colonial brasileiro, a partir da mistura de vários estilos. Entre os séculos XVI e XVIII, misturou-se em nossa terra, as cantigas populares, os sons de origem africana, fanfarras militares, músicas religiosas e músicas eruditas europeias. Também contribuíram, neste caldeirão musical, os indígenas com seus típicos cantos e sons tribais.
-Dois ritmos musicais que marcaram a história da MPB: o lundu e a modinha. O lundu, de origem africana, possuía um forte caráter sensual e uma batida rítmica dançante. Já a modinha, de origem portuguesa, trazia a melancolia e falava de amor numa batida calma e erudita.
-Na segunda metade do século XIX, surge o Choro ou Chorinho.
-Em 1899, a cantora Chiquinha Gonzaga compõe a música Abre Alas, uma das mais conhecidas marchinhas carnavalescas da história.
-Já no início do século XX começam a surgir as bases do que seria o samba. Dos morros e dos cortiços do Rio de Janeiro, começam a se misturar os batuques e rodas de capoeira com os pagodes e as batidas em homenagem aos orixás. O carnaval começa a tomar forma com a participação, principalmente de mulatos e negros ex-escravos. O ano de 1917 é um marco, pois Ernesto dos Santos, o Donga, compõe o primeiro samba que se tem notícia : Pelo Telefone. Neste mesmo ano, aparece a primeira gravação de Pixinguinha, importante cantor e compositor da MPB do início do século XIX.
-Enquanto o baião continuava a fazer sucesso com Luis Gonzaga e com os novos sucessos de Jackson do Pandeiro e Alvarenga e Ranchinho, ganhava corpo um novo estilo musical: o samba-canção. Com um ritmo mais calmo e orquestrado, as canções falavam  principalmente de amor. Destacam-se neste contexto musical : Dolores Duran, Antônio Maria, Marlene, Emilinha Borba, Dalva de Oliveira, Angela Maria e Caubi Peixoto.
-Em fins dos anos 50 (década de 1950), surge a Bossa Nova, um estilo sofisticado e suave. Destaca-se Elizeth Cardoso, Tom Jobim e João Gilberto. A Bossa Nova leva as belezas brasileiras para o exterior, fazendo grande sucesso, principalmente nos Estados UnidoA televisão começou a se popularizar em meados da década de 1960, influenciando na música. Nesta época, a TV Record organizou o Festival de Música Popular Brasileira. Nestes festivais são lançados Milton Nascimento, Elis Regina, Chico Buarque de Holanda, Caetano Veloso e Edu Lobo. Neste mesmo período, a TV Record lança o programa musical Jovem Guarda, onde despontam os cantores Roberto Carlos e Erasmo Carlos e a cantora Wanderléa.Na década de 1970, vários músicos começam a fazer sucesso nos quatro cantos do país. Nara Leão grava músicas de Cartola e Nelson do Cavaquinho. Vindas da Bahia, Gal Costa e Maria Bethânia fazem sucesso nas grandes cidades. O mesmo acontece com DJavan (vindo de Alagoas), Fafá de Belém (vinda do Pará), Clara Nunes (de Minas Gerais), Belchior e Fagner ( ambos do Ceará), Alceu Valença (de Pernambuco) e Elba Ramalho (da Paraíba). No cenário do rock brasileiro destacam-se Raul Seixas e Rita Lee. No cenário funk aparecem Tim Maia e Jorge Ben Jor.Nas décadas de 1980 e 1990 começam a fazer sucesso novos estilos musicais, que recebiam fortes influências do exterior. São as décadas do rock, do punk e da new wave. O show Rock in Rio, do início dos anos 80,serviu para impulsionar o rock nacional.Com uma temática fortemente urbana e tratando de temas sociais, juvenis e amorosos, surgem várias bandas musicais. É deste período o grupo Paralamas do Sucesso, Legião Urbana, Titãs, Kid Abelha, RPM, Plebe Rude, Ultraje a Rigor, Capital Inicial, Engenheiros do Hawaii, Ira! e Barão Vermelho. Também fazem sucesso: Cazuza, Rita Lee, Lulu Santos, Marina Lima, Lobão, Cássia Eller, Zeca Pagodinho e Raul Seixas.Os anos 90 também são marcados pelo crescimento e sucesso da música sertaneja ou country. Neste contexto, com um forte caráter romântico, despontam no cenário musical : Chitãozinho e Xororó, Zezé di Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo e João Paulo e Daniel.Nesta época, no cenário rap destacam-se: Gabriel, o Pensador, O Rappa, Planet Hemp, Racionais MCs e Pavilhão 9.O século XXI começa com o sucesso de grupos de rock com temáticas voltadas para o público jovem e adolescente. São exemplos: Charlie Brown Jr, Skank, Detonautas e CPM 22.Você sabia? É comemorado em 27 de setembro o Dia da MPB.





DESENVOLVIMENTO: Montar um acervo musical,através de fotos,reportagens(recortes de jornais e revistas)dos grandes nomes da musica em todo o mundo.
-mostrar aos alunos discos de vinil e cds (falar sobre o atual e o antigo,enfatizar que a moda retrô está voltando)
-mostrar onde eram tocadas as musicas antigamente(nas vitrolas)
-fazer cartazes com letras de musicas,marchinhas de carnaval,etc
-apresentar aos alunos ritmos como samba,regaae,aché,pagode,funk,rap,opera,valsa,salsa,merengue,rock,
bossa,pop,musicas gregorianas,orquestras,clássicas,etc
-confeccionar com os alunos instrumentos musicais a partir de matérias recicláveis.
-fazer uma mostra de instrumentos musicais.(ou recorte e colagem)
-apresentar musicas indígenas,africanas,portuguesas,caribenhas,inglesas etc(a diversidade musical,estilos,ritmos diversificados)





FECHAMENTO: fazer uma mostra de tudo que foi pesquisado,escrever o depoimento dos alunos sobre tudo que eles aprenderam,e convidar uma banda para tocar muitos desses ritmos citados,expor os instrumentos confeccionados,ensaiar uma música com os alunos para eles se apresentarem encerrando o projeto.





HABILIDADES CONTEMPLADAS
Linguagem Oral e Escrita
-expressar-se corporalmente,emitindo sonorizações,cantando trechos de cantigas e brincadeiras do repertório da tradição brasileira.
-desenvolver a compreensão,utilizando a fala num diálogo,escutando os demais falantes numa conversa coletiva.
-relatar e expor soluções imaginadas para uma questão comum ou fatos do cotidiano(forma ordenada dos fatos)
-fazer uso de comportamento leitor competente,bem como o uso das estratégias de leitura(decodificar,inferir,antecipar,selecionar e checar)
-participar de brincadeiras com rodas de versos e cantigas,etc.


 
Música
-expressar-se produzindo sons com a voz,com o corpo e com materiais diversos,intercalados com o silêncio.
-interpretar músicas e canções diversas
-reconhecer e utilizar na expressão musical,algumas das características geradas pelo silêncio e pelo son (altura,duração,intensidade)
-participar de jogos e brincadeiras que envolvam a improvisação musical
-vivenciar e entender questões relacionadas a acústica e produção de som
-criar instrumentos musicais por meio de improvisações com ajuda do educador
-transpor o som percebido para a linguagem corporal ou em forma de desenhos
-vivenciar experiências que integram: música ,movimento e demais expressões:corporal,teatral e visual


 


Artes
-Descobrir propriedades e possibilidades de registros
-manipular diferentes suportes gráficos como jornal,papel,papelão,parede ,chão,caixas,madeiras,etc.
valorizar suas próprias produções e de outras crianças  e da produção de arte em geral(propiciar leitura dos objetos)
-desenvolver técnica e a percepção da qualidade do som produzido,através do contato com qualquer fonte produtora de sons
-ouvir e classificar os sons,quanto a altura,valendo-se das vozes dos animais e de objetos musicais
-estabelecer relação direta entre música e movimento
-criar pequenas canções,utilizando seus nomes,rimas,tendo como matriz o próprio repertório
-criar sonoplastia para as histórias contadas mediante a um livro de figuras


 


Movimento
-dançar ao som de músicas(percebendo as estruturas rítmicas),interagindo com os parceiros,imitando e criando movimentos(com e sem a utilização de materiais diversos)explorando os diferentes espaços
-expressar sensações ritmos corporais por meio de gestos,posturas e linguagem oral
-utilizar movimentos de diferentes qualidades rítmicas e expressivas nas situações cotidianas e em brincadeiras
-participar de brincadeiras tradicionais cantadas que envolvam representações de papéis





Matemática
-conhecer os diferentes instrumentos para marcar tempo e temperatura aproveitando situações do cotidiano
-ler gráficos e tabelas com intervenção do professor
-resolver situações-problema que envolva conceitos probabilísticos
-coletar informações e dados utilizando expressarem procedimentos pessoais de organização para se expressarem de modo a facilitar a visualização(tabelas e gráficos)
-definir trajetos a partir de um ponto de partida pré-determinado
-desenvolver noções de lateralidade e comunicar o deslocamento (direção e sentido)
-observar e identificar a função do número nos diversos contextos sociais
-utilizar a contagem oral,noções de quantidade em jogos,brincadeiras e músicas junto com o professor nos diversos contextos do cotidiano(tabelas,calculadoras,telefone...)





Natureza e Sociedade
-aprender a relacionar-se através de vivências do cotidiano e brincadeiras
-cuidar do ambiente e seus pertences
-conhecer o ambiente físico e social através das brincadeiras
-participar de brincadeiras e jogos interagindo com adultos e crianças
-compreender e atender os combinados em diferentes níveis,apropriando-se de regras de convívio social
-localizar-se no tempo e no espaço através de situações do cotidiano
-estabelecer contato e relações entre diferentes espécies de seres vivos,observando suas características e necessidades.
-relatar acontecimentos,trocando idéias e informações
-ampliar repertório de histórias,brincadeiras humanas e com o meio,enfrentando desafios e solucionando situações problemas










-


-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário